A reta e o círculo: amizade, projeto intelectual e construção identitária nas cartas de Capistrano de Abreu a João Lúcio de Azevedo (1916-1927)

Rebeca Gontijo

Resumo


Este artigo analisa a correspondência mantida pelos historiadores João Capistrano de Abreu (1853-1927) e João Lúcio de Azevedo (1855-1933), entre os anos de 1916 e 1927, com o objetivo de compreender algumas das representações construídas por Capistrano sobre si mesmo e sobre seu destinatário. Informando o objetivo existe a hipótese de que as representações elaboradas através da correspondência fundamentam a afirmação da identidade de Capistrano como um historiador.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.