Os Trilhos do Progresso: episódios das lutas operárias na construção da Estrada de Ferro de Baturité (1872-1926)

Tyrone Cândido

Resumo


Este artigo procura apresentar alguns casos de conflitos entre construtores e ferroviários cearenses durante o momento de construção da Estrada de Ferro de Baturité (1872-1926). Busca também comparar alguns tipos de lutas desenvolvidas pelos retirantes que trabalharam nessa empresa durante as secas e pelos trabalhadores permanentes da ferrovia, que pareceram indicar algumas tradições e experiências de resistência comuns contra os novos padrões de trabalho. Busca, por fim, nos diferentes discursos acerca do mundo do trabalho que a empresa elaborava naquele momento, as mudanças ocorridas nos modos de lidar com os conflitos de governantes, engenheiros e líderes do movimento operário.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.