Com que Roupa? Trabalho e Trabalhadores nos Cinejornais do DIP

Cássio dos Santos Tomaim

Resumo


Este artigo propõe analisar as imagens dos Trabalhadores e do Trabalho, circunscritas ao imaginário da moderna industrialização urbana e do atraso rural, nos cinejornais do Departamento de Imprensa e Propaganda do Estado Novo, como uma leitura possível do projeto nacional-desenvolvimentista do Governo Vargas para o Brasil. Usufruindo tanto da representação das indústrias nas capitais quanto dos problemas sociais do interior do país, a construção discursiva dos filmes busca reafirmar no imaginário coletivo da Nação um ideal de "modernização conquistada", advinda da mitificação do Estado e de Getúlio Vargas.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.